Breaking News

Uso excessivo do celular está relacionado a vida sexual agitada

Imagem ilustrativa. Foto: Olhar Digital
Pessoas que usam os smartphone com muita frequência são mais propensos a  terem uma vida sexual mais agitada, com mais parceiros, problemas com bebidas, notas mais baixas, além de distúrbios psicológicos, como ansiedade e depressão. A descoberta foi feita pelas universidades de Chicago, Cambridge e Minnesota em um estudo com mais de 3400 alunos.

Os alunos, sujeitos ao estudo, responderam um questionário com perguntas relacionadas ao uso dos celulares como "Você tem problemas para se concentrar na aula ou no trabalho devido ao uso do smartphone?".


Como resultado, em 37,4% das pessoas do grupo que mais utilizam o celular afirmaram que tiveram no minimo dois parceiros sexual no ultimo ano, em comparação com 27,2% no grupo daqueles que demonstraram não cometer excessos no uso. Ter seis ou mais parceiros sexuais chegou a ser duas vezes mais frequente entre aqueles que disseram usar demais seus smartphones.

"A descoberta mais significativa foi que as pessoas que relataram uso problemático de seus telefones também tinham maior probabilidade de ter um traço de impulsividade, e isso também pode ter um papel no número de parceiros sexuais que elas têm", afirma Sam Chamberlain, pisquiatra da universidade de Cambridge e coautor do estudo. "Se isso fosse saudável, esperaríamos uma melhor autoestima e menos problemas de saúde mental, mas a situação se mostrou o oposto disso", acrescentou.

Ainda que haja um número crescente de estudos sobre o uso de celulares e suas consequências, nenhum deles provou definitivamente que o consumo excessivo do aparelho causa problemas de saúde mental.

Fonte: olhardigital.com.br

Nenhum comentário