Laboratório é suspeito de fornecer resultados falsos em exames de câncer em Pelotas - RS - Views

Breaking

Post Top Ad

Post Top Ad

14 de jul de 2018

Laboratório é suspeito de fornecer resultados falsos em exames de câncer em Pelotas - RS

Um laboratório é suspeito de fraudar resultados referentes a pacientes mulheres com suspeita de câncer no colo uterino. Apenas um em cada 100 exames de papanicolau era realmente analisado. A empresa presta serviços para a Secretaria de Saúde da Prefeitura de Pelotas, no Rio Grande do Sul.

Médicos e enfermeiros da UBS (unidade basica de saúde) Bom Jesus, na cidade gaúcha, que processavam a coleta de exame de papanicolau (citopatológico do colo uterino) notaram que entre janeiro de 2014 e junho de 2017, os exames  não apontaram nenhum resultado alterado. Em contra partida, uma tabela de exames da mesma unidade de saúde mostrou que antes desse período 44 resultados divulgados pelo laboratório apontaram câncer.
O motivo desses resultado era porque as amostras eram analisadas através de uma amostragem e não individualmente. Para cada 100 amostras apenas uma era analisada. Mesmo pacientes com lesões aparentes recebiam resultados de exames "normais".

A estranha situação resultou em um memorando da UBS à Secretaria de Saúde do município. Na busca por uma solução, a UBS solicitou providências em relação à análise das conclusões dos exames deste laboratório, uma vez que se sentiam “inseguros em relação à veracidade dos resultados”.
Memorando da UBS de Bom Jesus
A Secretaria Municipal de Saúde de Pelotas divulgou uma nota nesta sexta-feira (13) citando que em maio do ano passado, dois meses antes de receber um memorando de profissionais da UBS Bom Jesus, a equipe do Departamento de Vigilância Sanitária (Visa) realizou uma ação de fiscalização no laboratório.
A advogada do laboratório SEG (Serviço Especializado de Ginecologia), Christiane Ualt Fonseca, informou que o laboratório presta serviços na área há 43 anos e descreve como lamentável esse descrédito. "Realizar exames por amostragem não existe, é completamente surreal. Sempre estivemos abertos, nunca fomos procurados por nenhuma paciente", afirma.

Segundo Christiane, na segunda-feira (16), o laboratório vai entregar um balanço que a prefeitura pediu sobre a quantidade de exames positivos e negativos. Ela conta que o SEG começou a fazer esse controle de qualidade, que é um monitoramento interno, no ano passado, quando a Secretaria de Saúde solicitou depois de receber o memorando.

Fonte: noticias.r7.com
            g1.globo.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Post Top Ad